Encontre aqui o que você procura

Pesquise sem acentos!
Custom Search

Uma postagem especial para a Volta às Aulas!

Um ambiente alfabetizador é aquele que insere a criança no universo da escrita. O ambiente deve ser alegre, colorido, com figuras e palavras. Se a sala de aula for triste a mágica simplesmente não acontece!
Os calendários (do mês, da semana, do tempo) e os painéis como chamadinha, rotina, painel de avaliação e outros, oferecem um primeiro estímulo.
No primeiro dia, devemos apresentar a escola, a sala e promover a interação das crianças, ótimo momento para falar da rotina da salinha e das atividades de cada dia, estabelecendo algumas regras de convívio.





Primeiro dia de aula. A turma toda está na expectativa para saber quem serão os novos professores. Muitos alunos nunca se viram ou mal se conhecem. Para formar um grupo unido, bem relacionado e em sintonia com você, esqueça a velha tática de dar bom dia, fazer as apresentações e entrar no conteúdo. A aprendizagem está diretamente ligada à qualidade dos vínculos que a criança estabelece com os colegas e com o professor, afirma a psicopedagoga Isabella Sá, do Rio de Janeiro. A integração logo nos primeiros dias de aula traz a confiança e o bem-estar necessários aos estudantes. É importante também apresentar à classe os funcionários, dizer o que cada um faz e a quem pedir ajuda em situações diversas.


Quem é meu professor?
Organize uma entrevista para que os alunos conheçam você melhor. Divida-os em grupos e solicite que elaborem questões como se fossem repórteres. Diga que as perguntas podem ser sobre sua idade, se tem filhos, quanto tempo tem de profissão ou onde mora, por exemplo. Prontas as questões, sente-se num local da sala onde todos possam vê-lo bem para respondê-las. Avise que todos deverão trazer, no dia seguinte, um breve texto sobre tudo o que lembrarem. Assim, eles prestam atenção. Na próxima aula, sorteie algumas crianças para ler a produção escrita e peça que as demais avaliem e complementem se necessário. Proponha essa atividade depois de promover a apresentação e o reconhecimento do espaço físico da escola (a seguir).
Recomendado para: 1ª a 4ª séries

Turismo na escola
Se a sua turma for de 1ª a 4ª série, divida os alunos em grupos. Esse é um bom momento para integrar os novatos. Deixe-os junto aos veteranos, que devem se comportar como verdadeiros guias e anfitriões. Em cada folha de papel, descreva um local da escola, coloque os textos em uma caixa e organize um sorteio. Cada grupo retira um papel e tenta adivinhar qual é o local descrito. Em seguida, desafie os grupos a encontrar os locais sorteados. Chegando ao destino, os alunos desenham o ambiente com o máximo de detalhes, escrevem o nome dos funcionários que trabalham lá e a sua função. De volta à classe, os grupos trocam observações e registros e expõem suas produções. Num segundo momento, peça a eles que produzam um mapa da escola (com a sua ajuda, é claro) numa folha de cartolina. Em cada local específico do mapa, os desenhos são fixados. Estimule os grupos, nos dias seguintes, a visitar as dependências que ainda não foram percorridas. Em turmas de 5ª a 8ª séries, a garotada pode fotografar esses lugares e fazer entrevistas mais longas com os funcionários. Nesse caso, você não precisa fazer o mapa e pode pedir textos detalhados sobre os diversos pontos turísticos da escola.
Recomendado para: 1ª a 8ª séries
Direitos e deveres
Já nos primeiros dias, estabelecer os famosos combinados pode evitar problemas e garantir um bom relacionamento ao longo do ano. Comece discutindo com a garotada o que espera do ano que se inicia e qual a melhor maneira de trabalhar em grupo para alcançar esses objetivos. Formule com todos (e escreva no quadro) a continuação das seguintes frases: Temos direito a... e Somos todos responsáveis por.... Lembre-se de que a declaração de direitos e deveres deve ser inspirada nas normas gerais da escola que os alunos precisam conhecer e ser focada no que deve ser feito, e não no que é proibido. A etapa seguinte é descobrir o que as outras turmas da escola combinaram. A troca de informação, além de enriquecer os tratados feitos por eles, promove a integração com colegas de outras classes. Ao terminar, peça a cada um que copie os tratados e cole na agenda. Assim, o texto estará sempre à mão. Além disso, os estudantes podem produzir dois grandes cartazes em cartolina para pendurar na parede da classe.
Recomendado para: 1ª a 8ª séries
O que vamos aprender
Todo ano é a mesma coisa: o que esperar da série que se inicia? Uma situação desconhecida sempre dá um friozinho na barriga. Para baixar a ansiedade da meninada, registre no quadro algumas dúvidas e expectativas do grupo sobre o trabalho na nova classe e convide alguns estudantes da série seguinte para respondê-las. Deixe que falem livremente sobre as suas impressões e vivências como ex-aluno da série. Esse intercâmbio, logo no início, deixa a turma mais tranqüila e segura e valoriza a cooperação e a interação entre diferentes classes.
Recomendado para: 1ª a 8ª séries


Atividades para as turmas de EJA
Um ambiente agradável e amistoso também é essencial para alunos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), principalmente aqueles que voltam a estudar depois de muito tempo. Para recebê-los, decore a classe com cartazes de boas-vindas, coloque música ambiente e leia um lindo poema, recomenda Adriana da Silva, coordenadora das salas de EJA da Ação Educativa, de São Paulo. Sua postura, ela afirma, precisa transmitir acolhimento. Por isso, mostre-se à disposição de quem está chegando. A seguir, veja algumas sugestões de atividades:
No primeiro dia de aula, promova um bate-papo gostoso entre os estudantes. Todos se apresentam e contam um pouco da sua história.
Estimule os jovens a conhecer todas as dependências da escola, o nome e a função dos funcionários e a utilidade das salas.
Combine com seus colegas para que cada um traga sua foto quando criança. Mostre-as aos alunos e peça que eles adivinhem quem é quem. Isso faz com que memorizem os nomes dos professores e proporciona uma conversa descontraída sobre os futuros mestres.
Essa é outra atividade que precisa ser combinada com os colegas. Divida seus alunos em um número de grupos correspondente à quantidade de turmas. Se houver quatro salas de EJA, forme quatro grupos. Os professores responsáveis pelas outras classes fazem o mesmo. Os grupos são distribuídos pelas salas de modo que em todas haja representantes das demais. Feita a distribuição, cada professor conta uma história (uma fábula, um conto, uma lembrança da infância ou uma notícia de jornal, por exemplo). Quando todos voltam para suas respectivas salas, os grupos narram a história que ouviram, dizem o nome do professor que a contou e qual impressão tiveram dele.

Consultoria: equipe pedagógica do curso supletivo do Colégio Santa Cruz, em São Paulo.
Bibliografia:
CONSULTORIA: Rejane Maia, diretora pedagógica do Colégio Apoio, em Recife, com colaboração de Rosa Antunes e Renata Gabriel (coordenadoras pedagógicas); Isabella Sá, psicopedagoga e consultora em Educação Infantil. ( Revista Escola, da Abril)




** VOLTA ÀS AULAS **


Me preparei bem cedinho
para voltar à escola,
tudo pronto e arrumadinho
esperando aquela hora.

Minha escola toda linda
com flores e murais espalhados,
nos davam as Boas Vindas
e nos fazendo sentir muito amados.

Na sala de aula eu entrei,
e, quanta alegria eu sentí
quando os amiguinhos abracei,
quanto amor eu recebí !

Minha sala estava tão arrumada!
Nunca ví tão bela assim,
e minha professora amada
com um lindo sorriso prá mim.

Minha escola , meu segundo lar,
meus amiguinhos, meus irmãos,
prá sempre eu vou lhes guardar
dentro do meu coração !

Tia florzinha
JP- PB 01/02/2007

Mural: Jogo do Alfabeto: o professor prepara um cartaz com bolsos que podem ser feitos de
EVA ou cartolina bem colorida. As crianças irão encaixar nos bolsos as figuras, de acordo com a letra inicial de cada uma.


Trenzinho com o Alfabeto e Trenzinho dos Numerais : idéia de cartazes murais para a sala de aula:







Recadinho Feliz: pode ser confeccionado em formato de cartaz de boas-vindas ou colado no caderninho, no primeiro dia de aula:




Lembrancinha de Boas-Vindas: Uma linda borboletinha cujo corpinho é uma jujuba:



Modelinhos lindos de crachá para as turminhas de Alfabetização:












Meu nome é...


Faça crachás com o nome das crianças e coloque no chão da sala, no meio de uma roda. Peça que cada uma identifique seu nome. Incentive o reconhecimento das letras iniciais, conte quantas letras compõem cada nome e faça com que elas percebam letras iguais em nomes diferentes. Quando todas já estiverem com crachá, comece um gostoso bate-papo sobre as preferências de cada um quanto a um tema predeterminado (como alimentos, brincadeiras, objetos ou lugares). Agrupe as crianças de acordo com as afinidades. Na etapa seguinte, peça aos alunos que desenhem aquilo de que gostam em uma folha e coloquem o nome. Quem não souber escrever sozinho pode copiar do crachá. Depois de prontos, os desenhos são mostrados aos colegas e, em seguida, expostos no mural. Com os alfabetizados, a dinâmica é a mesma, mas, além de desenhar, eles podem fazer uma lista de suas preferências.
Recomendado para: Educação Infantil

Uma ótima volta às aulas para todos!
Se você copiar, dê os créditos.


Inscreva seu e-mail e receba todas as nossas novidades!
  By FeedBurner
Você receberá um e-mail de confirmação. É preciso seguir o link para confirmar.

Um comentário

  1. AMEI ESTE BLOG TIRO VARIAS DUVIDAS COM ELE . ELE É DEMAISSSSSSSSS.QUE DEUS ABENÇOE VOCE.BEIJOS

    ResponderExcluir

Deixe um comentário! Sua opinião é importante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Topo