Encontre aqui o que você procura

Pesquise sem acentos!
Custom Search

Quais os formatos de imagem mais comuns?


  • Formato JPEG
O JPEG é um dos formatos de imagens mais populares e isso se deve à capacidade de formar imagens fiéis à original. Além disso, os arquivos em JPEG costumam não ser grandes.
O formato JPEG (Joint Pictures Expert Group) é um tipo de arquivo para armazenamento de imagens que pode trabalhar com esquema de cores em 24 bits. Isso significa que este formato aceita 16,8 milhões de cores.
Algo interessante no JPEG, é que os arquivos podem ter diferentes níveis de compressão. Quanto mais existir compressão, ou seja, retirada de informação, menor será o tamanho do arquivo, porém pior será sua qualidade. Assim, se você for disponibilizar imagens na internet, é interessante mantê-lo em um tamanho pequeno. No entanto, se a imagem for utilizada em um documento, muitas vezes é melhor mantê-la com o máximo de qualidade possível, para que a impressão seja satisfatória.
Uma desvantagem do JPEG é que a imagem normalmente perde qualidade a cada vez que o arquivo é salvo. Os arquivos em JPEG têm a extensão .jpg. Por exemplo, infowester.jpg.

  • Formato GIF
O formato GIF (Graphics Interchange Format) é um tipo de arquivo para imagens que trabalha com uma paleta de 256 cores e foi criado pela empresa CompuServe, em 1987. Isso faz com que o GIF não seja recomendável para figuras que precisam de aproximação da realidade, a não ser que a imagem em questão seja em preto e branco (escala de cinza). Devido a essa característica, o uso do formato GIF é voltado para ícones ou imagens que não precisam de muitas cores (ilustrações, por exemplo).
Apesar deste formato parecer limitado devido ao número baixo de cores com que trabalha, o GIF é muito utilizado por alguns recursos que oferece. Um deles é a capacidade de utilizar fundo transparente. Com isso, é possível, por exemplo, que um site publique uma imagem em GIF e esta terá como fundo a cor da página. Além disso, o GIF permite que uma seqüência de imagens sejam salvas em um único arquivo, onde cada imagem surge no lugar da anterior após um tempo pré-determinado. Isso dá a sensação de animação, como mostra a imagem abaixo.

O GIF utiliza um formato de compressão que não altera a qualidade da imagem a cada salvamento, como ocorre com o JPEG. Considerando esta forma de compressão juntamente com a capacidade de trabalhar apenas com 256 cores, o GIF consegue criar imagens com tamanho bastante reduzido. Isso foi essencial para o início da internet, onde a velocidade era bem mais baixa que a dos modems de 56 K.

Formato PNG
O formato GIF utiliza uma forma de compressão conhecida como LZW (Lempel-Ziv-Welch), que consiste em um algoritmo para o tratamento de imagens criado pela empresa Sperry Corporation, que tempos depois foi comprada pela empresa Unisys. Esta, em 1994, anunciou que cobraria royalties (uma espécie de taxa para poder utilizar a tecnologia) dos desenvolvedores de softwares para trabalhos gráficos que suportam o formato GIF. Devido a isso, em 1996 foi lançado um formato criado para concorrer com o GIF e que era melhor que esse: o PNG (Portable Network Graphics).
O PNG é interessante porque consegue trabalhar com esquema de 24 bits de cores, ou seja, 16,8 milhões de cores. No entanto, em comparação com o JPEG, a compressão obtida é mais eficiente e não proporciona perda de qualidade a cada salvamento, o que permite maior fidelidade à imagem original. Além disso, as imagens em PNG não requerem muito espaço, podendo-se ter figuras de alta definição e tamanho em bytes pequeno. Ainda assim, o JPEG costuma ter imagens de tamanho ainda menor em alguns casos.
O PNG também possui o recurso de transparência, o que o faz uma excelente alternativa ao GIF neste caso, pois é possível ter imagens com fundo transparente, mas com o objeto utilizando um número muito maior de cores.

  • Formato TIFF

O formato TIF ou TIFF (Tagged Image File Format) é um formato de ficheiro gráfico bitmap Revisão 6.0) foram publicadas em 1992.
(raster). Foi posto ao ponto em 1987 pela sociedade Aldus (pertencendo doravante Adobe). As últimas especificações (
O formato TIFF é um antigo formato gráfico, permitindo armazenar imagens bitmap (raster) de dimensão importante (mais de 4 Go comprimido), sem perdition de qualidade e independentemente planas as formas ou os periféricos utilizados (Device-Independant Bitmap, notado DIB).
O formato TIFF permite armazenar imagens preto e branco, em cores reais (True color, até à 32 bits por pixéis) bem como imagens indexadas, fazendo uso de uma pálete de cores.

Lista alfabética de alguns dos formatos de imagens
BMP
Usado frequentemente em computadores com plataforma PC em ambientes DOS e MS/Windows.
Permite a escolha entre profundidades de 1 bit até 24 bits por pixel.
GIF
CompuServe® Graphics Interchange Format
Usado vulgarmente na troca de documentos entre sistemas informáticos através de linhas telefónicas. É um formato de compressão concebido de forma a minimizar o tempo de transferência. É utilizado em ficheiros grayscale ou indexed color.
Permite de 1 a 8 bits por pixel.
EPS
Encapsulated PostScript
É suportado pela maior parte dos programas de ilustração e de paginação electrónica; em muitos casos é o formato preferido para estas aplicações. É o único formato que permite brancos transparentes no modo Bitmap.
JPEG
Joint Photgraphic Experts Group
Formato de compressão que economiza espaço na forma como armazena e liberta (anula) informação desnecessária na utilização da imagem. Uma vez comprimida e posteriormente descomprimida, a imagem não será já igual à imagem original. Na maioria dos casos, as diferenças entre a imagem original e a comprimida através da opção Excellente JPEG são impossíveis de distinguir.
Existe um compromisso entre a qualidade de uma imagem e a sua compressão. Uma imagem gravada no modo Excellente JPEG é sujeita a uma menor compressão, ocupando no entanto mais espaço em disco.
Geralmente, as imagens comprimidas no modo anteriormente referido apresentam níveis de compressão na ordem dos 5:1 e 15:1.
As imagens JPEG são automaticamente descomprimidas quando são abertas.
PCX
É um formato originalmente concebido para o programa de PC Paintbrush e é vulgarmente usado em compatíveis IBM-PC.
PICT
É largamente usado em ambientes gráficos Macintosh e aplicações de paginação como um ficheiro intermediário na transferência de documentos entre aplicações. É especialmente eficaz na compressão de imagens que contêm grandes áreas contínuas de cor.
TIFF
Tagged-Image File Format
Utilizado na troca de documentos entre aplicações e entre os Macintoshes e o Windows. O formato TIFF suporta a compressão LZW. LZW é a mesma compressão usada no formato GIF; no entanto, ao contrário do GIF, suporta outros tipos de imagem para além dos indexed color. Quando se grava uma imagem no formato TIFF, pode-se escolher um formato destinado a um Macintosh ou a um PC compatível. Pode-se ainda escolher "comprimir automaticamente o documento para um tamanho menor" usando a opção LZW Compression.

Fontes de pesquisa: Kioskea, InfoWester, Professor2000.
Esta postagem pertence ao Espaço Educar.
Se você copiar, dê os créditos.

2 comentários

  1. Muitoooooooooooo bom me ajudou muito!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Muitoooooo bom, me ajudou demais e esclareceu todas as minha dúvidas! :)

    ResponderExcluir

Deixe um comentário! Sua opinião é importante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Topo