PESQUISE AQUI

POSTAGENS MAIS RECENTES!

Mostrando postagens com marcador Datas Junho. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Datas Junho. Mostrar todas as postagens

Atividades para o Dia do pescador - 29 de Junho!

   Diversas atividades para o dia do pescador!

Veja muitas idéias sobre esta data aqui!

Clique nas imagens para ampliar!




























 








29 de Junho: dia do pescador!



 Tem muitas idéias para o dia do pescador aqui!


O Dia do Pescador é comemorado no dia 29 de junho. Pescador é aquele sujeito que conhece a natureza, entende o mar, sabe olhar para a lua e ver a maré que vem, quando o dia é bom, traz alimento para a família e ainda garante o sustento da casa com o que consegue vender de peixes.


Origem do Dia do Pescador
Dia 29 de junho é o Dia de São Pedro, o apóstolo pescador e que também é padroeiro dos pescadores, por isto, a data foi escolhida para comemorar o dia do pescador.

Este personagem - o pescador que vive de sua própria produção - é bastante comum no nosso país. Muitos vivem em praias paradisíacas e pouco habitadas; nos feriados e nas altas temporadas, costumam ganhar bem mais do que a média anual. Porém, a subsistência destes trabalhadores pode estar ameaçada pela pesca esportiva de pessoas sem licença e sem consciência ambiental, que pescam quantidades superiores à permitida; a poluição das águas também compromete a vida dos peixes e conseqüentemente a dos pescadores.
Portanto, além de cuidar e entender a natureza, o pescador precisa que todos sua volta façam o mesmo. Afinal, ele é um dos que sentem na pele como o equilíbrio da natureza é também o equilíbrio do homem.

Tipos de pesca

Um bom pescador
Aquele que pesca de verdade, não o que só sabe contar história - deve dominar algumas técnicas. É um hobby bastante simples, mas para tudo tem um segredo: tem a isca certa, a escolha dos equipamentos, técnicas de arremesso, tipos de nós usados na pescaria, os melhores locais e horários, quais os pontos de pesca de cada região, entre outros. É preciso saber também distinguir os peixes, e saber onde encontrá-los e o tamanho certo para fisgá-los. Afinal, pescar filhotes não é uma boa idéia: além de render pouco, ainda não tiveram tempo de se reproduzir e, em grande escala, sua pesca pode comprometer a quantidade de peixes do local.
Existe a pesca artesanal, exercida pelo proprietário do meio de produção - sozinho, em parceria ou sociedade. E existe também a pesca empresarial, que contrata terceiros e geralmente é feita em embarcações. Enquanto esta é voltada a processos industriais e à exportação, a pesca artesanal é responsável pelo abastecimento do mercado interno.

Dentro da lei!

Existem atualmente vários tipos de pesca. Em locais fechados, como os clubes e parques próprios, há regras específicas. Mas, para quem quer pegar seu barquinho e se aventurar pelos rios por aí, é bom saber que a pesca ao ar livre exige um documento: a licença de pescador amador. Ela serve para controlar a atividade nas regiões do Brasil e quem for pego pela fiscalização pescando sem a carteirinha deve pagar uma multa de R$ 41 por quilo.
A licença obriga o pescador amador a pescar unicamente com caniço simples, caniço com molinete ou carretilha, utilizando linha de mão e anzóis simples ou múltiplos, com isca natural ou artificial, puçá e tarrafa (esta última somente no mar). Há um limite de captura e um tamanho mínimo.
A fiscalização da pesca, realizada pela Feema, pelo Ibama, por policiais florestais e ONGs diversas também serve para evitar que se pesque na época da piracema. A piracema é o período de reprodução dos peixes, quando as fêmeas vão para as margens dos rios desovar. É, portanto, uma época delicada e por isto a pesca é proibida, sendo permitida apenas a pesca científica e ribeirinha, para subsistência de pequenas comunidades. Quem for autuado pela fiscalização pescando na época da piracema deve pagar uma multa de R$ 69 por quilo pescado.
Para conseguir a licença para a pesca amadora, você pode se informar nas agências do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal ou dos Correios.

Pesque e solte!

Pesque e solte! Este é o lema de quem vê a pescaria como um ótimo esporte de integração com a natureza, em que o importante são as táticas, estratégias e contato com o meio ambiente. Não vale mais aquela filosofia de contar vantagens; quantos peixes foram pescado ou qual o tamanho deles.
O que importa é cada peixe, como foi pescado, as emoções que trouxe, a luta para tirá-lo da água. Um bom pescador, na hora de soltar o peixe que pegou, sabe que ele precisa estar em boas condições de voltar para a água, sem ferimentos e pronto para continuar nadando. É melhor pescar um peixe, com habilidade, do que vários, com truques.
Alguns peixes exigem paciência e um aprendizado especial. Para outros, os acessórios utilizados vão determinar em grande parte o sucesso do empreendimento. Pescadores modernos lançam mão de iscas artificiais de vários formatos, cores, odores, sabores, sensibilidade e elasticidade. Isto porque as iscas artificiais facilitam a retirada do peixe do anzol, para sua devolução à água; também aumentam a sobrevida do peixe, porque não são engolidas, ao passo que as iscas naturais são - e assim o anzol fica alojado no estômago do peixe.
As varas também ganham novas tecnologias, assim como os chumbos e anzóis. A retirada do anzol é o principal cuidado que o pescador deve tomar quando for devolver o peixe. Quando o anzol não se fixa em áreas importantes, como as brânquias e o intestino, o peixe provavelmente sobreviverá. Nos casos mais graves, é melhor cortar a linha e deixar o anzol no peixe, porque retirá-lo diminuiria suas chances de sobreviver.
É importante também evitar a manipulação; logo que o peixe sai da água, o pescador deve retirá-lo rapidamente do anzol e devolvê-lo, pois este momento entre a captura e a soltura é causador de muita tensão para o peixe. Nesses momentos, o peixe libera hormônios e altera toda sua química interna num processo estressante que, quando muito longo, reduz suas forças e imunidade. Isto aumenta a possibilidade de um peixe solto depois de muita luta morrer por infecção.


Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Quer acessar um site com tudo sobre pesca e pescaria: Guia da pesca!



Peixe feito com garrafa pet! Brinquedo com sucata

   O Dia do pescador está chegando! Que tal dar uma olhada nestas sugestões de peixinhos feitos com sucata ou garrafa pet?


Photo: Mark Godfrey


O que você precisa:

garrafa pet vazia
tesoura
grampeador
tinta acrílica
pincéis
olhos
cola
prego pequeno




O que você faz:

Retire a tampa e rótulo de uma garrafa vazia e limpa. Com a ajuda de um adulto, corte fora o fundo da garrafa.


Comprima a extremidade aberta do frasco de modo que os dois lados possam se unir. Deixe um rabo para o peixe e corte como se deixasse barbatanas aos lados, observe a foto.

 Grampeie o rabo, unindo as duas partes.


Pinte padrões de peixes coloridos na garrafa. Uma vez que a tinta secou, cole os olhos!

O prego pequeno é para o caso de você desejar fazer um furinho e amarrar uma linha no peixinho para brincar.

Ele é ótimo para brincar no banho ou na praia!


Criação: Michele Reyzer
Photo: Mark Godfrey




29 de Junho - Dia da Telefonista! Texto e sugestões de atividades, teatro etc.


     A primeira vez que se comemorou o Dia da Telefonista foi em 29 de junho de 1956. No início, as telefonistas eram indispensáveis e faziam todas as ligações entre as pessoas. Atualmente, elas são indispensáveis às empresas que desejam dar um bom atendimento a sua clientela. 
     
     A telefonista é um profissional indispensável no atendimento ao público. Seu serviço funciona como um cartão de visitas da empresa, instituição ou outra organização, não importa o tamanho. Portanto, a telefonista precisa estar preparada para fornecer informações e responder às dúvidas de quem a procura, pois disto dependerá o sucesso do primeiro contato. 

Receber e transferir ligações, localizar pessoas, transmitir mensagens - estas são algumas das atribuições das telefonistas. Dependendo de onde se trabalha, novas funções podem surgir, tais como despertar pessoas e registrar solicitações (em hotéis, por exemplo).


 Atividades sobre o  Dia da telefonista:

Clique para ampliar.

Que tal pesquisar ou escrever a respeito?


 Sugestões: 

  1. Montar um teatro onde os alunos representem um grupo de telefonistas de uma empresa e outro grupo de alunos representem as pessoas atendidas. Fica muito legal.
  2. Recortar em revistas e jornais e montar um mural sobre o assunto com fotos e temas atuais.
  3. Entrevistar uma telefonista ou alguém que já esteve trabalhando nesta profissão.
  4. Representação teatral onde um aluno seja o representante da empresa, realizando a seleção das telefonistas e a escolha das melhores para o emprego, na empresa. Pode ser divertido e interessante e ao mesmo tempo trazer um novo olhar sobre as dificuldades da profissão e do lidar com um público diferenciado. (Liza)


Abaixo, um manual da Geocities para as telefonistas:
 


MANUAL DA TELEFONISTA




(Fonte: Geocities) 


Este manual foi feito para orientá-la no seu dia -a-dia. Aqui voce vai aprender um pouco mais sobre a importância do seu trabalho nesta empresa e qual a melhor maneira de realizá-lo.São dias do Paulo Ota para facilitar a sua vida.

1 - Você precisa saber
Você é o cartão de visita da empresa.. Por isso é muito importante prestar atenção a todos os detalhes do seu trabalho. Você é a primeira pessoa a manter contato com o público. Sua maneira de falar e agir vai contribuir muito para a imagem que irão formar sobre sua empresa. Não esqueça: a primeira impressão é a que fica.
2 - A telefonista em ação
Já que a imagem da empresa é tão importante, fique atenta a alguns detalhes que podem passar despercebidos na rotina do seu trabalho:
Voz: deve ser clara, num tom agradável e o mais natural possível. Assim você fala só uma vez e evita perda de tempo.
Calma: Ás vezes pode não ser fácil mas é muito importante que você mantenha a calma e a paciência . A pessoa que esta chamando merece ser atendida com toda a delicadeza. Não deve ser apressada ou interrompida . Mesmo que ela seja um pouco grosseira, você não deve responder no mesmo tom. Pelo contrário, procure acalmá-la.
Interesse e iniciativa: Cada pessoa que chama merece atenção especial. E você, comoo toda boa telefonista, deve ser sempre simpática e demonstrar interesse em ajudar.
Sigilo: Na sua profissão, às vezes é preciso saber de detalhes importantes sobre o assunto que será tratado. Esses detalhes são confidenciais e pertencem somenteàs pessoas envolvidas. Você deve ser discreta e mantertudo e m segredo. A quebra de sigilo nas ligações telefônicas é considerada uma falta grave, sujeita às penalidades legais.
3 - O que dizer e como dizer
Aqui seguem algumas sugestões de como atender as chamadas externas:
Ao atender uma chamada externa,você deve dizer o nome da sua empresa seguido de bom dia, boa tarde ou boa noite.
Essa chamada externa vai solicitar um ramal ou pessoa. Você deve repetir esse número ou nome, para ter certeza de que entendeu corretamente. Em seguida diga:
" Um momento, por favor," e transfira a ligação.
Se o ramal estiver ocupado quando você fizer a transferência, diga à pessoa que chamou: " O ramal está ocupado. Por favor, ligue mais tarde." É importante que você não deixe uma linha ocupada com uma pessoa que está apenas esperando a liberação de um ramal.
Isso pode congetionar as linhas do equipamento, gerando perda de ligações. Mas caso essa pessoa insista em falar com o ramal ocupado, voce deve interromper a outra ligação e dizer: "Desculpe-me interromper sua ligação, mas há uma chamada urgente do (a) Sr.(a) Fulano(a) para este ramal. O (a) senhor (a) pode atender?" Se a pessoa puder atender , complete a ligação, se não, diga que não foi possivel transferir a ligação e peça educadamente para que a pessoa ligue mais tarde.
Se o ramal chamado não atender você deve dizer: "O ramal não atende Por favor, ligue mais tarde".; '"O rramal não atende , vou passar para o ramal mais próximo."; ou então "O ramal ramal não atende. Há outro ramal que eu possa chamar?.
Se a pessoa que ligou não souber o número do ramal, consulte a lista de nomes (que devem estar em ordem alfabética) e diga (antes de transferir a ligação): "Por favor, anote: o número do ramal é...
Lembre-se :
Você deve ser natural, mas não deve esquecer de certas formalidades como, por exemplo, dizer sempre "por favor"" , "Queira desculpar", "Senhor", "Senhora", . Isso facilita a comunicação e induz a outra pessoa a ter com você o mesmo tipo de tratamento.
A conversa.: existem expressões que nunca devem ser usadas. como girias, meias palavras, e palavras com conotação de intimidade. A conversa deve ser sempre mantidaem nível profissional.
4 - A sua sala
Como todo mundo que trabalha, você também precisa ter e cuidar do seu próprioespaço, para que ele seja sempre agradável e tranquilo.
Sua sala deve ser bem iluminada, ventilada, limpa e, de preferência não deve ser um lugar por onde circulem pessoas.
5 - Equipamento básico
Além da sala, existem outras coisas necessárias para assegurar o bom andamento do seu trabalho:
Listas telefônicas atualizadas.
Relação dos ramais por nomes de funcionários (em ordem alfabética).
Relação dos números de telefones mais chamados.
Tabela de tarifas telefônicas.
Lápis e caneta
Bloco para anotações
Livro de registro de defeitos.
6 - O que você precisa saber :
O seu equipamento telefônico não é apenas parte do seu material de trabalho. É o que há de mais importante. Por isso você deve saber como ele funciona. Tecnicamente, o equipamento que você usa é chamado de CPCT - Central Privada de Comunicação Telefônica, que permite você fazer ligações internas (de ramal para ramal) e externas. Atualmente existem dois tipos: PABX e KS.
PABX (Private Automatic Branch Exchange): neste sistema, todas as ligações internas e a maioria das ligações para fora da empresa são feitas pelos usuários de ramais. Todas as ligações que entram, passam pela telefonista.
KS ( Key System): todas as ligações, sejam elas de entrada , de saida ou internas , são feitas sem passar pela telefonista
Informações básicas adicionais
Ramal: são os terminais de onde saem e entram as ligações telefônicas. eles se dividem em:
Ramais privilegiados: são os ramais de onde se podem fazer ligações para fora sem passar pela telefonista
Ramais semi-privilegiados: nestes ramais é necessário o auxilio da telefonista para ligar para fora.
Ramais restritos: só fazem ligações internas.
Linha - Tronco: linha telefônica que liga a CPCT à central Telefônica Pública.
Número-Chave ou Piloto: Número que acessa automaticamente as linhas que estão em busca automática, devendo ser o único número divulgado ao público.
Enlace: Meio pelo qual se efetuam as ligações entre ramais e linhas-tronco.
Bloqueador de Interurbanos: Aparelho que impede a realização de ligações interurbanas.
DDG: (Discagem Direta Gratuita), serviço interurbano franqueado, cuja cobrança das ligações é feita no telefone chamado.
DDR : (Discagem direta a Ramal) , as chamadas externas vão direto para o ramal desejado, sem passar pela telefonista . Isto só é possível em algumas CPCTs do tipo PABX.
Pulso : Critério de medição de uma chamada por tempo, distância e horário.
Consultores: empregados da Telems que dão orientação às empresas quanto ao melhor funcionamento dos sistemas de telecomunicações.
Mantenedora: empresa habilitada para prestar serviço e dar assistência às CPCTs.
Serviço Noturno: direciona as chamadas recebidas nos horários fora do expediente para determinados ramais. Só é possível em CPCTs do tipo PBX e PABX.
7 - Cuidando do seu equipamento
Como você já viu o seu eqipamento é essencial para o bom funcionamento da sua empresa. Por isso, ao menor sinal de defeitos ou alterações chame imediatamente a empresa responsável pela manutenção. E tenha semmpre por perto as seguintes informações:
Tipo
Marca do Aparelho
Modelo
Quantidade de ramais privilegiados
Quantidade de ramais semi-privilegiados
Quantidade de ramais restritos
Número-piloto
Assistência técnica
Endereço
Telefone
Sempre que houver um defeito no seu sistema, utilize o livro de registro de defeitos.
8 - O que você deve evitar
Agora que você já viu como deve ser o seu local de trabalho, do que você precisa para trabalhar e j;a conhece os dados técnios, preste atenção nas dicas finais para fazer do seu trabalho o mais agradável da empresa:
Não deixe que pessoas se aglomerem na sua sala
Não coloque líquidos , vasos de plantas, comida ou outro objeto perto do seu equipamento, pois isso pode danificá-lo.
Não deixe pessoas inexperiente mexam no seu equipamento
Para limpá-lo, use apenas uma flanela seca. Não utilize produtos quimicos.
Não faça qualquer atividade alheia ao seu trabalho durante o expediente.
Não demore para fazer a ligação após receber o tom de discar.
Não force o retorno do disco. Isso pode danificá-lo ou ocasionar uma ligação errada, obrigando você a discar novamente. 

Fonte: geocities.com




Esta postagem pertence ao Espaço Educar.
Se você copiar, dê os créditos.
Contato: [email protected]
 Inscreva seu e-mail e receba todas as nossas novidades! 
  By FeedBurner
Você receberá um e-mail de confirmação. É preciso seguir o link para confirmar.

01 de Junho: Dia Mundial da Criança!

     


     Em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres apresentou uma proposta às Nações Unidas para que se dedicasse um dia a todas as crianças do Mundo. Os Estados Membros das Nações Unidas - ONU - reconhecendo que as crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social, necessitam de cuidados e atenções especiais, compreensão, preparação e educação de modo a terem possibilidades de usufruir de um futuro condigno e risonho, assinalaram o dia 1º de Junho como Dia Mundial da Criança. 

     A Declaração dos Direitos da Criança foi aprovada em 20 de novembro de 1959 pelas Nações Unidas, onde se lia que “A criança por motivo da sua falta de maturidade física e intelectual, tem necessidade de uma proteção e cuidados especiais(...)”. Mais tarde, em 1989, as mesmas Nações Unidas elaboraram a Convenção sobre os Direitos da Criança, estabelecendo os direitos que assistem especificamente às crianças.

     Ao contrário do que muitos possam pensar, este dia não é só para festas onde as crianças ganham presentes. É um dia que para se pensar nas milhares de crianças que sofrem de maus-tratos, doenças, fome e discriminação; naqueles pequenos deixados de lado ou que executam trabalhos considerados para adultos.

Fonte: PortoWeb


Esta postagem pertence ao Espaço Educar.
Se você copiar, dê os créditos.
Contato: [email protected]
 Inscreva seu e-mail e receba todas as nossas novidades! 
  By FeedBurner
Você receberá um e-mail de confirmação. É preciso seguir o link para confirmar.

200 modelos lindos: viseiras, sacolinhas, marcadores de páginas, caixas para montar, gravatas, convites etc.

São 200 modelos lindos de viseiras, sacolinhas, desenhos belíssimos, tudo o que você precisa para o mês de Junho!










modelos de viseiras, moldes de caixas para montar, lindos desenhos, datas comemorativas, atividades festa junina, máscaras, modelos de máscaras, modelos de viseiras, muitos moldes de viseiras, sacolinhas, desenhos variados, desenhos pedagógicos.

150 Atividades variadas para o mês de Junho!




































Esta postagem pertence ao Espaço Educar.
Se você copiar, dê os créditos.

mural de festa junina mural para festa junina atividades de festa junina atividades para festa junina atividades para as festas juninas 150 modelos de atividades para o mês de junho atividades para o meio ambiente

Você poderá gostar também de...