Encontre aqui o que você procura

Pesquise sem acentos!
Custom Search

Halterofilismo: desenhos das modalidades esportivas olímpicas para pintar

O levantamento de peso surgiu lá atrás como uma maneira simples de determinar quem era o mais forte. Mas a modalidade que se tornaria olímpica também tinha outros propósitos. Em 1.100 a.C., por exemplo, os chineses utilizavam o levantamento de peso como maneira de selecionar novos soldados para o Exército. Levantar diversos pesos era um pré-requisito para ser aceito.
Embora não tenha entrado como esporte nos Jogos da Grécia Antiga, o levantamento de peso já era praticado à época, principalmente como forma de preparação para outras modalidades. A primeira escola de levantamento de peso, no entanto, só surgiu no século 19, na Áustria. Antes disso, a prática se tornara popular como apresentação de circo na Europa e nos Estados Unidos.
Em 1887, há registros de concursos de levantamento de peso disputados na Áustria. Começaram a surgir federações — as primeiras na França e na Rússia —, e o esporte foi tomando forma. Em 1891, por exemplo, foi disputado o primeiro Campeonato Mundial de levantamento de peso, com a participação de sete atletas de seis países diferentes.
O levantamento de peso entrou no programa olímpico desde o início da era moderna. Em Atenas-1896, a disputa ainda não era dividida entre categorias de peso. Isso ocorreu pela primeira vez nos Jogos da Antuérpia-1920. As mulheres só começaram a competir nas Olimpíadas de Sydney-2000.

Curiosidades


Decisões controversas
O levantamento de peso tem alguns casos de medalhas definidas por detalhes, no mínimo, inusitados. Na primeira edição dos Jogos, em Atenas-1896, por exemplo, o dinamarquês Viggo Jensen levou a medalha de ouro para casa graças a um detalhe intrigante. Empatado com o britânico Launceston Elliot na decisão — ambos levantaram 111,5kg —, Jensen foi escolhido como vencedor por ter, de acordo com os juízes, um estilo de levantar melhor que seu oponente. A “vingança” de Elliot veio na prova de levantamento com uma mão. O britânico não deixou dúvidas ao levantar 71kg, contra 57kg do dinamarquês, que levou a prata.
Nos Jogos da Antuérpia-1920, a primeira edição a contar com divisão por categorias de peso, o italiano Pietro Bianchi faturou a medalha de prata na categoria médio mesmo tendo ficado empatado com o sueco Albert Pettersson, com um total de 235kg levantados. O que decidiu o segundo lugar naquela ocasião foi um sorteio, que favoreceu o italiano.
Cabelo que vale ouro
As Olimpíadas de Melbourne-1956 reservaram muitas emoções para o levantador de peso norte-americano Charles Vinci. Competidor da categoria galo, Vinci quase ficou de fora da competição por problemas de peso. Faltando pouco mais de uma hora para a pesagem oficial, o norte-americano estava 680 gramas acima do limite da categoria galo. Depois de uma hora de corrida, Vinci voltou à balança com 212 gramas de excesso.
Prestes a ficar de fora da disputa, Charles Vinci teve uma última ideia: cortar completamente o cabelo. E deu certo. Dentro do limite de peso da categoria, o atleta dos Estados Unidos não só participou da prova como ficou em primeiro lugar. Além da medalha de ouro, Vinci ainda quebrou o recorde mundial da época, levantando um total de 342,5kg.
















Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe um comentário! Sua opinião é importante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Topo