PESQUISE AQUI

POSTAGENS MAIS RECENTES!

Mostrando postagens com marcador OLIMPÍADAS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador OLIMPÍADAS. Mostrar todas as postagens

Pentatlo moderno olimpíadas esporte para colorir, pintar, imprimir

A origem do pentatlo moderno é intimamente ligada ao militarismo. Na Grécia Antiga, os espartanos utilizavam a modalidade para selecionar os soldados mais completos e versáteis. Inserido pelos gregos nos Jogos da Antiguidade, o esporte tinha papel de destaque na disputa, já que o vencedor do pentatlo era considerado o grande campeão.
 
As modalidades e a forma de disputa eram diferentes das que são vistas atualmente. O pentatlo consistia de provas de salto em distância e altura, lançamento de disco e dardo, corrida e luta. Cada etapa era eliminatória, até que sobrassem apenas dois atletas para lutar entre si, definindo assim o vencedor.
 
A transformação do esporte para o que hoje conhecemos como pentatlo moderno aconteceu no fim do século 19, graças a um oficial sueco. Ele teve a ideia de adaptar o esporte para uma simulação militar. A intenção era criar a situação de um soldado que tinha que entregar mensagens atrás das linhas inimigas. A “aventura” começava a cavalo, passava pelo tiro, pela esgrima e pela natação, terminando na corrida.
 
Entusiasta do pentatlo moderno, o Barão de Coubertin conseguiu inserir a disputa nos Jogos de Estocolmo-1912. Para ele, a modalidade teria um destino parecido ao status desfrutado nos Jogos da Antiguidade, tornando-se uma das principais disputas das Olimpíadas. A previsão do Barão, entretanto, não se concretizou, e o pentatlo moderno ainda luta por um lugar ao sol contra modalidades mais bem aceitas pelo público.
 
Em Atlanta-1996, o pentatlo moderno sofreu uma alteração importante. Até então disputado em vários dias diferentes, os atletas passaram a cumprir as provas em apenas um dia. O objetivo era tornar a disputa mais dinâmica e atrativa para o público. Na primeira edição com a mudança, Aleksandr Parygin, do Cazaquistão, conquistou a medalha de ouro com um total de 5.551 pontos, após 13h de competição.









Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Pólo aquático esporte olimpíadas para colorir pintar

A paixão dos britânicos pelo futebol acabou inspirando a criação de uma modalidade completamente diferente, disputada dentro de uma piscina e utilizando apenas as mãos: o polo aquático. Antes de virar modalidade olímpica, o “futebol aquático”, como era conhecido no começo, teve a primeira partida oficial disputada em 1876 – apenas seis anos depois de seu surgimento como uma brincadeira para hóspedes de um hotel.
A evolução foi meteórica. Em 1880, já foi disputada a primeira competição internacional. Em 1888, veio uma mudança drástica: a criação dos gols. Até então, os pontos eram marcados quando a bola passava da linha de fundo. Esse detalhe, por sinal, ajuda a desvendar o mistério por trás do nome do esporte. O polo tradicional também se caracterizava pela marcação de pontos após a bola passar pela linha de fundo.
Mesmo tendo sido regulamentado oficialmente apenas em 1911, o polo aquático marcou presença já na segunda edição dos Jogos Olímpicos, em Paris-1900. Por muitos anos, a modalidade foi dominada pela truculência e pela força física de seus praticantes. Mas, aos poucos, a técnica foi ganhando espaço e acabou prevalecendo. Algumas regras ajudaram no processo, como o aumento da profundidade das piscinas e a limitação de tempo por posse de bola para 35 segundos.
Atualmente, o polo aquático é comandado pela Federação Internacional de Natação (Fina). O primeiro Campeonato Mundial da modalidade foi disputado em 1973 e conquistado pela Hungria, seleção que domina o cenário do esporte. Na última edição dos Jogos, no entanto, os húngaros ficaram apenas com a quinta colocação no masculino e a quarta no feminino. Os campeões foram Croácia e Estados Unidos, respectivamente.






Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Saltos ornamentais esporte olímpico para pintar




Engana-se quem imagina que a arte de saltar de várias alturas rumo à água nasceu recentemente. A prática que deu origem aos saltos ornamentais está registrada em murais pintados há cerca de 4 mil anos. Essas pinturas mostram povos babilônicos, caldeus e os antigos egípcios mergulhando de pontos elevados, com o objetivo de alcançar comida ou buscar tesouros no fundo do mar.

Mas foi apenas em 1973 que a Federação Internacional de Natação (Fina) realizou o primeiro Campeonato Mundial, em Belgrado, na então Iugoslávia. Nas Olimpíadas, a modalidade já fazia parte do programa de competições desde os Jogos de St. Louis, em 1904, com provas de plataforma exclusivas para homens.
Como esporte, as primeiras competições conhecidas datam de 1822 e foram realizadas em Tischy, na Alemanha. Entretanto, foi apenas em 1971 que pela primeira vez uma competição foi fotografada e documentada. Ela ocorreu na Inglaterra, e a ponte de Londres foi usada como plataforma. Anos depois, a capital inglesa ergueu uma torre de cinco metros que passou a ser usada como plataforma para saltos e, a partir daí, o esporte se difundiu até chegar aos Estados Unidos.
 
Curiosidades

Em sincronia
Apesar de se tratar de uma modalidade disputada há mais de um século em Olimpíadas, foi apenas na edição de Sydney, em 2000, que as competições de saltos sincronizados passaram a fazer parte do programa olímpico. Nelas, os atletas saltam em duplas, com o desafio de executar os movimentos de forma idêntica e ao mesmo tempo.

Primeira vez no Brasil
A primeira competição de saltos ornamentais ocorrida no Brasil se deu no Rio de Janeiro, em 1913, na enseada de Botafogo. O vencedor foi Adolpho Wllisch, também o primeiro saltador do país a disputar uma Olimpíada, em 1920, na Antuérpia, edição que marcou a estréia do Brasil em Jogos Olímpicos.









Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Vela esporte olímpico para colorir, pintar, imprimir

Embora as embarcações estejam presentes na história das civilizações há milênios, o uso de barcos a vela para competições é algo relativamente recente. A origem vem do século 17, quando surgiu, na Holanda, um tipo de embarcação chamado “jaghtstchip”. Esse novo barco rapidamente atendeu aos interesses comerciais holandeses e passou a ser adotado para pequenas viagens internas, no transporte de cargas entre cidades vizinhas e também para exercitar os jovens marinheiros.
Por ser uma embarcação prática e de fácil condução, o jaghtstchip atraiu a atenção do rei Carlos II, da Inglaterra, que, à época, encontrava-se exilado na Holanda. Quando finalmente pôde retornar a seu reino, Carlos II, após realizar melhorias no jaghtstchip, ajudou a elaborar outros tipos de barcos, tendo sido um dos grandes incentivadores do iatismo na Inglaterra, além de promover as primeiras regatas em águas britânicas.
O primeiro clube de vela conhecido, porém, não é inglês. O Royal Cork Yatch Club nasceu em 1720, na Irlanda. Em 1749, o clube realizou sua primeira grande regata, uma prova de Greenwich a Nore. Somente 50 anos depois é que nasceu, em Londres, o Royal Thames Yatch Club. A primeira regata internacional foi disputada em 1851, próximo à Ilha de Wight, e recebeu o nome de Hundred Guineas Cup.
A chegada da vela aos Estados Unidos e a fundação, em 1844, do New York Yatch Club impulsionaram o desenvolvimento da modalidade ao redor do mundo. Em 1907, nasceu a União Internacional de Corridas de Iates (IYUR), depois rebatizada de Federação Internacional de Vela (ISAF), que hoje administra o esporte em nível mundial.
No Brasil, a vela desembarcou no fim do século 19, trazida por descendentes de europeus. Em 1906, foi fundado o Iate Clube Brasileiro, primeiro clube dedicado ao esporte, no Rio de Janeiro. A primeira prova nacional foi disputada em 1935 e recebeu o nome de Troféu Marcílio Dias. Em 1941, foi fundada a Federação Brasileira de Vela e Motor (CBVM), que controlou o esporte em nível nacional até 2007, quando, devido ao acúmulo de dívidas, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) interveio na entidade. Em 2013, foi criada a Confederação Brasileira de Vela (CBVela), nova administradora  da modalidade no país.
Na história das Olimpíadas, a vela registra sua primeira participação nos Jogos de Paris-1900.  Depois disso, diversas categorias da vela saíram e entraram na programação olímpica.








Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Triatlo modalidade esportiva para colorir

Apesar de muitos afirmarem que o triatlo surgiu no Havaí (onde nasceu, na verdade, a prova chamada de Iron Man), foi na cidade californiana de San Diego que o esporte foi idealizado, em 1974, em um clube de atletismo. No local, era hábito passar planilhas de treinamentos aos atletas antes do período de férias, com exercícios, em geral, de natação e de ciclismo para eles manterem a forma sem ter que, obrigatoriamente, praticar exercícios de atletismo.

Para 1976, os salva-vidas propuseram modificações: cerca de 700 metros de natação no mar, 15 quilômetros de ciclismo na avenida da praia e arredores e corrida cross country de 4,5 quilômetros. Para essa disputa, 95 pessoas se inscreveram, e ela foi realizada nesse formato outras três vezes. A partir dali, o triatlo passou por várias modificações, ganhou força e atraiu adeptos ao redor do mundo, até que, em 2000, fez sua estreia em Olimpíadas, em Sydney.
Quando os atletas retornavam das férias, os instrutores promoviam testes com a turma para avaliar quem, de fato, tinha se exercitado no período longe dos treinos. Esses testes consistiam em uma combinação de 500 metros de natação, seguido por 12 quilômetros de ciclismo e, finalmente, cinco quilômetros de corrida. Os atletas adoraram a tarefa e requisitaram que, no ano seguinte, o teste fosse promovido novamente, desta vez de forma mais organizada e contando com a presença dos salva-vidas de San Diego, que tinham fama de bons esportistas. A disputa reuniu 55 participantes, e os atletas “oficiais” levaram a melhor.
Hoje, o triatlo olímpico consiste em uma disputa de 1.500 metros de natação, 40 quilômetros de ciclismo e 10 quilômetros de corrida. Existe uma variante, com distâncias bem mais longas e que também se tornou tradicional. Trata-se do Iron Man, disputado no Havaí, que tem distâncias de 3,8km de natação, 180km de ciclismo e 42km de corrida.
A International Triathlon Union (ITU), entidade que administra o esporte em nível mundial, foi fundada em março de 1989, na cidade francesa de Avignon. No Brasil, a modalidade passou a ser praticada em 1981, e a primeira competição oficial foi realizada no Rio de Janeiro, em 1983. A Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) nasceu em 1991.








Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Tiro esportivo modalidade olímpica para pintar

As armas de fogo, obviamente, não surgiram com propósito esportivo. Elas mudaram o rumo de guerras e batalhas, antes travadas com espadas, arcos e flechas e no combate corpo a corpo. Os primeiros registros do uso de armas de fogo em guerras surgem em 1346, durante confronto entre ingleses e franceses. A partir de então, os armamentos foram evoluindo, diminuindo de tamanho e ganhando cada vez mais importância nos combates.

Além dos militares, os clubes de caça também deram sua contribuição para a criação do tiro esportivo. A atividade dos caçadores inspirou inclusive algumas das provas que existem atualmente, como skeet e fosso.
Como esporte, o tiro se misturou muito com a prática militar, que pode ser considerada a origem da modalidade. As linhas de tiro utilizadas nos combates serviram como modelo para as primeiras competições, com disputas nas posições deitado, de joelhos e em pé. Em 1867, surgiu o Campo de Instrução de Chalôns, na França, onde foi realizada uma prova de tiro ao alvo com fuzis.
O tiro esportivo esteve presente nos Jogos Olímpicos desde a primeira edição, em 1896, em Atenas. Até 1964, em Tóquio, somente os homens participavam. As primeiras mulheres competiram na Cidade do México-1968, nas provas com os homens. As primeiras disputas exclusivamente femininas surgiram em Los Angeles-1984, em duas categorias: pistola de ar e carabina de ar. Atualmente, o tiro esportivo é disputado em 15 categorias, sendo nove masculinas e seis femininas.











Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Tiro com arco: modalidades olímpicas esportes para colorir

Na classificação das grandes invenções da humanidade, o arco e flecha ocupa posição de destaque. Com registros que remontam à Pré-História, essa ferramenta permitiu ao homem ampliar a capacidade de caça e, posteriormente, mudou a forma dos combates nas guerras, passando a ser utilizada como uma das principais armas durante séculos.
Com a descoberta da pólvora e o desenvolvimento de armas mais poderosas, o arqueirismo se transformou em esporte e passou a ser praticado em vários países. Em 1828, foi fundada, nos Estados Unidos, a Associação Nacional de Arquerismo, que, em 1879, organizou o primeiro Campeonato Americano da modalidade. Em 1884, realizou-se o 1º Campeonato Inglês de Tiro com Arco.

Na trajetória dos Jogos Olímpicos, o arco e flecha foi incluído na disputa muito antes da fundação da FITA. Na edição de Paris, em 1900, houve competição da modalidade pela primeira vez, tendo se repetido nos Jogos de St. Louis-1904, Londres-1908, e Antuérpia-1920. Entre os anos de 1924 e 1968, o tiro com arco deixou de fazer parte do programa olímpico, tendo retornado apenas em 1972, em Munique, de forma permanente até os dias de hoje.
Em 1930, foi fundada a Federação Internacional de Tiro com Arco (FITA), que agiu rápido e organizou no ano seguinte o primeiro Campeonato Mundial, na Polônia.
O tiro com arco chegou ao Brasil na década de 1950, pelas mãos de Adolpho Porta, um comissário de vôo da Panair do Brasil. À época, ele estava baseado em Lisboa, onde se encantou pelo esporte. Em 1955, quando retornou ao Brasil, desembarcou no Rio de Janeiro trazendo na bagagem alvos, arcos e flechas, além de um regulamento da Federação Internacional.
Em 19 de novembro de 1958, foi fundada a Federação Metropolitana de Arco e Flecha, no Rio de Janeiro. Em 1991, nasceu a Federação Brasileira de Tiro com Arco, mas a primeira participação do Brasil em Olimpíadas ocorreu bem antes disso, em 1980, nos Jogos de Moscou.
A disputa

O campo de competição deve ser plano e sem obstáculos para os arqueiros. Somente esse tipo de categoria (outdoor) e o arco recurvo ou olímpico fazem parte dos Jogos Olímpicos e Pan-Americanos. Nas Olimpíadas, ocorrem disputas apenas na prova FITA Olympic Round – 70m individual e por equipes, no masculino e no feminino.








Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Tênis esporte olímpico para colorir


Antes de ser jogado com raquetes, o tênis tem suas origens em modalidades disputadas na Antiguidade apenas com a palma das mãos. Há registros de jogos disputados apenas com uma bola e as mãos desde o Egito Antigo até a Europa do século 5. Uma versão mais parecida com o tênis moderno surgiu no século 12, na Itália e na França, onde monges praticavam algo similar em pátios fechados, delimitando o espaço de jogo.
Até chegar às regras e às delimitações de quadra que possui hoje, o tênis passou por muitas mudanças. Adotado pelos aristocratas europeus, passou a dividir espaço com outra modalidade bastante praticada à época: o croquet. Tanto que um tradicional clube britânico, o All England Croquet, passou a ser chamado de All England Lawn Tennis and Croquet Club, onde até hoje é realizado o Torneio de Wimbledon.
Foi questão de tempo para a criação de entidades nacionais e da federação internacional. Com regras definidas, o primeiro torneio foi realizado em 1877, na Inglaterra. O primeiro jogador a dominar o circuito foi o britânico W. Ravenshaw, responsável por introduzir a técnica do voleio. Campeão pela primeira vez em 1881, ele colecionou troféus por sete anos.
O tênis estreou logo na primeira edição dos Jogos Olímpicos, em 1896, em Atenas. Até 1924, os títulos olímpicos foram basicamente dominados por britânicos, franceses e norte-americanos. Em Amsterdã-1928, a modalidade não fez parte do programa olímpico e só retornou em Seul-1988.
A partir dos Jogos de Sydney-2000, o tênis olímpico passou por uma alteração fundamental. O torneio começou a contar pontos para o ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP), atraindo os principais nomes do esporte, que antes desdenhavam as Olimpíadas para priorizar a preparação para outros torneios. Nas últimas duas edições, tenistas consagrados entre os melhores do mundo conquistaram o ouro olímpico: o espanhol Rafael Nadal, em Pequim-2008, e o britânico Andy Murray, em Londres-2012.










Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Taekwondo desenhos das modalidades esportivas olímpicas para colorir

De origem coreana, taekwondo significa “a arte de usar os pés e as mãos na luta”. Há mais de dois mil anos, o rei Ching Heung, da 24ª dinastia Silla, formou uma tropa de elite com guerreiros especialistas em combates corporais. Batizado de Hwa Rang Do, o grupo funcionava como os samurais japoneses. Além de exímios lutadores usando armas como lança, arco e flecha e espada, os integrantes dessa tropa se especializaram em artes marciais, em especial o soo bak, que utilizava amplamente os pés e as mãos. No período da dinastia Koryo (924-1392), os mestres desenvolveram 25 posturas de luta, cujas técnicas formaram a base para o nascimento do taekwondo que se conhece hoje.

O nome taekwondo só passou a ser adotado na metade da década de 1950, quando, ainda sob os efeitos da Guerra da Coreia, travada entre 1950 e 1953, o general Choi Hong-hi teve sucesso na empreitada de unir diversas escolas de diferentes estilos de arte marcial sob uma única luta, batizada de taekwondo. Em 1964, realizou-se o primeiro campeonato nacional na Coreia e, em 1965, foi fundada a Korea Taekwondo Federation.
Após a invasão japonesa na Coreia, que durou de 1909 a 1945, as artes marciais praticadas pelos coreanos foram proibidas. Eles só retomaram o hábito de treiná-las após o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945.
No Brasil, a modalidade foi introduzida em 1970, com a chegada do mestre Song Min Cho a São Paulo. O primeiro Campeonato Brasileiro aconteceu em 1973, ano em que foi fundada, na Coreia do Sul, a World Taekwondo Federation (WTF), entidade que organizou, já em 1973, o primeiro Campeonato Mundial.
Nas Olimpíadas de Seul-1988 e de Barcelona-1992, o taekwondo participou como esporte de exibição. Ficou ausente dos Jogos de Atlanta-1996 e retornou em Sydney-2000, quando foi incluído no programa olímpico e passou a valer medalhas.









Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Rugby desenhos das modalidades esportivas olímpicas para colorir, pintar, imprimir

O surgimento do rúgbi tem duas vertentes a serem consideradas. A primeira remete à semelhança da modalidade com outras que já eram jogadas nas civilizações mais antigas, como entre os romanos, por exemplo. Ainda que alguns considerem o rúgbi uma simples evolução desses esportes, a criação em si é creditada ao estudante da Rugby School da Grã-Bretanha, William Webb, que durante uma partida de futebol, em 1823, pegou a bola com as mãos e correu até o gol.
Polêmicas a parte, foram alunos da própria Rugby School, com ajuda de outros de Cambridge, entre 1845 e 1848, que elaboraram de fato as primeiras regras da modalidade. O rúgbi viu sua primeira federação nacional — a Rugby Football Union, da Inglaterra — surgir em 1871, mesmo ano em que escoceses e ingleses disputaram a primeira partida internacional, vencida pela Escócia. Mais tarde, em 1886, surgiu a International Rugby Board, entidade que regulamenta o esporte até hoje.
Nos Jogos do Rio de Janeiro-2016, o rúgbi será uma das novidades, ao lado do golfe. Mas a modalidade já tem sua pequena história olímpica documentada. Foi disputada nos Jogos de Paris-1900, Londres-1908, Antuérpia-1920 e Paris-1924. Nas quatro participações, França, Austrália e Estados Unidos (duas vezes) sagraram-se campeões olímpicos.
Em 2016, no entanto, estará em disputa uma modalidade chamada de rúgbi 7, com partidas mais velozes e dinâmicas. Essa versão, em que cada equipe joga com sete atletas, em vez de 15, foi criada na Escócia, no fim do século 19, mas só começou a ganhar o mundo em 1921, quando se realizou o primeiro torneio fora da Escócia. A Copa do Mundo do rúgbi 7 foi criada em 1993, entre os homens, e em 2009, para as mulheres.







Remo: desenhos das modalidades esportivas olímpicas para pintar


Antes dos motores e das velas impulsionarem as embarcações pelas águas, o homem contava apenas com a própria força e um objeto para se locomover: o remo. Seguindo o destino natural de todas as atividades em que é possível competir, o remo se transformou em esporte.
Antigamente, até mesmo grandes barcos eram impulsionados por enormes e pesados remos, geralmente manuseados por escravos. Isso só foi mudar com o surgimento das velas, deixando os remos apenas para pequenas embarcações. Embora haja registros muito antigos da utilização do remo como meio de propulsão para balsas, as primeiras competições só foram disputadas no século 11, ainda em caráter festivo.
Aos poucos o esporte foi tomando maiores proporções. Em 1300, por exemplo, surgiu o termo regata, em Veneza, já tradicional pela disputa nas águas. Os venezianos também foram os responsáveis pela criação das provas com timoneiros. Depois, o remo só foi passar por mudanças significativas no fim do século 18, com o surgimento das regras que regem o esporte. Assim, em 1775 ocorreram as primeiras regatas oficiais.
A evolução dos barcos e dos próprios remos começou a fazer a diferença logo depois. Com barcos adaptados para a competição, surgiu em 1829 o tradicional desafio entre as universidades inglesas de Oxford e Cambridge, que até hoje é disputado. Em 1892, com a criação da Federação Internacional de Remo, a modalidade deu um passo fundamental para entrar no programa olímpico, estreando em Paris-1900 para nunca mais sair.

Curiosidades












Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Voleibol ou Vôlei: desenhos das modalidades olímpicas para pintar, colorir, imprimir

O vôlei nasceu em 1895 – um ano antes da primeira edição das Olimpíadas – na Associação Cristã de Moços de Holyoke, no estado norte-americano de Massachussets. A ideia veio do pastor Lawrence Rider, que sugeriu ao professor William G. Morgan a criação de um esporte movimentado, mas de menor intensidade do que o basquete, outra modalidade recente que ganhava fama rapidamente.
Influenciado pelo tênis, Morgan decidiu colocar uma rede entre as duas equipes, evitando assim o contato físico característico do basquete. Inicialmente, a rede foi colocada a uma altura de 1,98m. O jogo foi batizado pelo professor Morgan de “mintonette”, mas a movimentação e o estilo de se praticar rapidamente o transformaram em “volley” – “torrente”, em inglês –, palavra que descreve também o “voleio”, jogada típica do tênis.

A história da modalidade nas Olimpíadas tem um fato interessante e até incomum. Em Tóquio-1968, o vôlei entrou no programa olímpico simultaneamente no masculino e no feminino. Desde a estreia, quando a União Soviética, entre os homens, e o Japão, entre as mulheres, conquistaram as primeiras medalhas de ouro, a modalidade não deixou de ser olímpica.
A expansão da modalidade foi algo impressionante. Apenas um ano depois de sua criação, nos Estados Unidos, já havia praticantes no outro lado do mundo, em países como o Japão. A disseminação ocorreu de uma forma tão rápida e eficiente que hoje o esporte detém uma marca grandiosa: a Federação Internacional de Vôlei (FIBV, em inglês) é a federação que mais possui países filiados entre todos os esportes, com 220.
No Brasil o vôlei virou um modelo de sucesso a ser seguido por outros esportes. Emplacando uma geração vencedora atrás da outra, de Atenas-2004 a Londres-2012, o Brasil não ficou de fora do pódio uma vez sequer. Nesse período, o país conquistou um ouro (2004) e duas pratas (2008 e 2012) no masculino, além de dois ouros (2008 e 2012) no feminino.









Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Natação: desenhos das modalidades esportivas olímpicas para pintar

Apesar de não ser um exercício tão natural para o ser humano como caminhar ou correr, a natação existe há milênios. Praticada na Grécia Antiga e pelos romanos, entre outros povos, a natação, embora popular, demorou muito para se transformar em uma competição organizada, tendo seus estilos se desenvolvido de diferentes formas ao longo da história.
Um dos primeiros registros data de 1696, quando o francês M. Thevenal descreveu uma maneira singular de nadar, semelhante ao nado de peito praticado atualmente, que consistia em movimentos de pernas e braços parecidos com os de uma rã. O nado de costas teve sua primeira forma criada em 1794, pelo italiano Bernardi. Ele sugeriu um movimento com os dois braços sendo jogados para trás simulaneamente, que, a partir de 1912, foi aperfeiçoado, tornando-se bem parecido com o nado de costas praticado atualmente.
Em 1873, o inglês John Trudgen desenvolveu uma nova técnica, que consistia em rotações laterais do corpo, tendo a movimentação dos dois braços sobre a água como principal fonte de deslocamento. Essa técnica, batizada de Trudgen ou “over-arm-stroke”, foi aperfeiçoada pelo australiano Richard Cavill e, posteriormente, transformou-se no nado crowl (livre) que conhecemos hoje.
Finalmente, na década de 1930, nadadores norte-americanos, já durante competições, atentaram para o fato de que as regras do nado de peito não impediam que o movimento dos braços fosse realizado sobre a superfície da água, o que permitia um deslocamento mais rápido. Essa manobra conviveu com a técnica do nado peito por quase 20 anos até que, em 1948, um nadador húngaro a transformou no nado borboleta, reconhecido oficialmente pela Federação Internacional em 1953 como um estilo da natação.
Os primeiros torneios remontam ao século 19, tendo ocorrido na Austrália, em 1858, no Campeonato Mundial de 440 jardas. Em 1869, a Inglaterra realizou o 1º Campeonato Nacional e, finalmente, em 1877, os Estados Unidos adotaram a forma de competições organizadas, inicialmente, pelo New York Athletic Club. Aos poucos, a modalidade ganhou força e, em 1908, durante as Olimpíadas de Londres, foi fundada a Federação Internacional de Natação (Fina), que comanda não só as provas da modalidade, mas as de nado sincronizado, polo aquático e saltos ornamentais.
No Brasil, o esporte surgiu, oficialmente, em 31 de julho de 1897, com a fundação da União de Regatas Fluminense. Um ano depois, o Clube de Natação e Regatas organizou o primeiro Campeonato Brasileiro, que consistia em uma distância de 1.500 metros, entre a Fortaleza de Villegaignon e a praia de Santa Luzia, no Rio de Janeiro.








Inscreva seu e-mail gratuitamente para receber novidades! 
Ao receber o primeiro e-mail será preciso clicar no link seguro de ativação!


Cadastre seu e-mail para receber novidades!



Faça Cursos Online aqui.
Visite a LOJA DO ESPAÇO EDUCAR aqui.
Curso de Alfabetização aqui.
Curso de Brinquedoteca aqui
Curso de Psicologia Infantil aqui
Quer desenhos para colorir? Tem aqui.
Quer diversos alfabetos? Tem aqui.
Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE aqui.

Você poderá gostar também de...